Vida…

Hoje me deparei novamente com uma sensação que vem me consumindo nas ultimas semanas, um aperto na garganta, como se fosse um nó, a primeira vez que senti isso, foi há pouco mais de um mês, logo depois fiquei sabendo que havia perdido meu tio, pouco menos de duas semanas depois, senti novamente, e uma amiga de infancia e que fez parte do meu engatinhar na juventude, deixou-nos. Hoje, consumido por essa sensação que gela minh’alma, liguei pra minha casa e fiquei sabendo que uma amiga, vizinha e ex-aluna, sofreu com complicações de uma cirurgia de redução do estomagoe veio a falecer no sábado. A morte me é estranha ainda, lembro-me de poucas perdas até os dias de hoje, não sei como lidar, nem oq falar, entro em qse desespero.

Mas sobra-me a realidade, e o que permace pulsante, e aprendi com essas experiencias desaventurosas algo que sempre ouvi “deixe as pessoas de uma forma doce” e acredito que consigo me libertar dessas sensação mórbida devido a isso. Todas as pessoas que perdi até hoje, meu ultimo encontro sempre deixou um sorriso, e me alegro por ter na lembraça o sorriso de amigo.

A partir de hoje, mais uma vez me mudo de rumo, não sei se consigo ficar fora de casa agora, preciso voltar, repousar e estar perto de quem amo e me protege.

E tentar deixar nesse mundo a partir da minha vida, algo doce…e eterno

Como um sorriso de reencontro.

Sobre @le_oshiro
....

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: